São Paulo (SP): Agricultores familiares farão manifesto no dia 21, em Brasília | Vereador Célio Moreira

Célio Moreira da Silva

159155 - Deputado Estadual

São Paulo (SP): Agricultores familiares farão manifesto no dia 21, em Brasília

Nos próximos dias 21,22 e 23 será realizado no estacionamento 2, do Parque Cidade de Brasília, o 1º Manifesto Nacional dos Agricultores Familiares Rurais e Empreendedores Familiares Rurais. Segundo Carlos Lopes, secretário nacional da Confederação Nacional dos Agricultores Familiares e Empreendedores Familiares Rurais, neste ato será divulgada a pauta de reivindicações dos agricultores.

Os agricultores reivindicam: 1)  a moratória para as dívidas dos produtores familiares para o prazo de 30 anos com subsídios dos juros por parte do Governo Federal. Com o perdão total dos juros já contabilizados e adicionados as dívidas. E perdão dos juros já contabilizados e adicionados ao total da dívida.

2) Abertura de linhas de crédito especiais para estes produtores familiares rurais endividados com direcionamento para a qualificação e treinamento e orientação para que possam pagar suas dívidas.

3) Liberação de recursos e contratação de assistência técnica para a safra de 2011 para o público dos produtores familiares rurais inadimplentes.

4) Criação de um departamento ou secretaria dentro da Embrapa com políticas exclusivas para o público dos produtores familiares rurais.

5)Incentivos fiscais e isenção de taxas por parte dos três níveis de governos para os produtores que estiverem organizados ou que venham se organizar em cooperativas para produção de produtos para exportação.

6)Definição de uma entidade específica para coordenar a assistência técnica ofertada para os produtores familiares rurais sem burocratização.

7) Facilitação e desburocratização de acesso ao crédito por parte dos agricultores familiares.

8) Políticas específicas para os aposentados rural.

9)Políticas específicas para os jovens e adolescentes rurais tais como educação, esportes, lazer, cultura, saúde, trabalho formação técnica e outras.

10) Mais agilidade e pontualidade por parte do Ministério do Desenvolvimento Agrário – MDA e Incra.

11) Descritelização por parte do Ministério do Desenvolvimento Agrário para as entidades cooperativas, associativas e sindicais terem acesso aos programas da pasta.

12) Criação de uma política específica para oferecer  programas de saúde e educação para Agricultor Familiar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>